🌟 Importante: antes de prosseguir com os passos deste tutorial, certifique-se de que a funcionalidade Google Shopping está ativa em sua loja. Para saber como ativá-la, consulte os passos do tutorial 👉 Como ativar o Google Shopping?.

Este tutorial está separado em 3 partes, de acordo com cada tipo de configuração que você precisará realizar em sua loja. São elas:

  • Informações gerais de sua loja
  • Configurar a taxonomia das categorias
  • Adicionar os Identificadores de produtos do Google nos produtos

Vamos aos passos!

Informações gerais de sua loja

Para que seus produtos sejam publicados corretamente e aceitos pelo Google Shopping, além de configurar corretamente seus produtos, é obrigatório ter algumas informações em seu layout. As informações obrigatórias são:

  • Políticas de trocas e política de devoluções - você deve criar páginas institucionais com essas informações. Para saber como criar esse tipo de página , siga os passos do tutorial 👉 Como criar páginas de conteúdo?;
  • Prazo de entrega - se sua loja usa as integrações dos Correios, Mercado Envios, Loggi e Envio Fácil, essa informação é fornecida sempre que o frete é consultado; já se sua loja usa a integração da JadLog ou fretes personalizados, você deve criar uma página informando os prazos médios de envio;
  • Informações de contato, endereços e CPF / CNPJ - consulte os passos do tutorial 👉 Como adicionar informações de contato na minha loja? para saber como apresentar essas informações no layout.

Configurar a taxonomia das categorias

As Taxonomia são categorias que você deve colocar em seus produtos; são configurações obrigatórias e são extremamente importantes para que o Google possa ler o feed (agregador de links de uma determinado site) de dados que geramos dos produtos - conhecido por XML.

O Google criou uma "árvore" com estas categorias para você escolher a mais adequada para o seu produto. Então recomendamos que abra uma nova aba no navegador com o link da lista de categorias Texto Simples.txt que vai te ajudar a realizar essa categorização.

1. No painel de administração de sua loja, siga pelo caminho Produtos > Organizar categorias.

2. Agora clique na primeira categoria, e depois na "engrenagem" que aparece do lado direito, para acessar as opções.

O campo a ser preenchido é o de Categorias do Google Shopping e, abaixo dele, você encontrará um exemplo de como ele deve ser preenchido.
 
No link destacado, você encontrará uma página de 🌎 Ajuda do Google Merchant Center com diversas informações complementares sobre as taxonomias.

📌 Observação: as taxonomias tem que ser preenchidas seguindo o padrão do Google. Esta é a relação completa de 🌎 taxonomias em Texto Simples.txt, que já te apresentamos acima. Abra-a em uma nova guia, pois voltaremos para o painel de administração da Nuvem Shop para finalizar a configuração.

3. Localize a taxonomia que corresponde a categoria e cole-a no campo Categorias do Google Shopping.

💡 Dica: para encontrar onde sua categoria melhor se encaixa, sugerimos que clique CTRL + F; esse atalho abrirá um pequeno campo de busca, onde você poderá digitar o nome da sua categoria e já ir buscando diretamente. Desta forma, ficará muito mais fácil a busca, basta navegar pelas setinhas que aparecem ao lado da palavra buscada.

Ao encontrar a sua categoria específica, copie toda a linha e depois cole no campo do seu painel de administração na Nuvem Shop.

🌟 Importante:

  • As categorias do Google estão sem acentuações, no lugar delas você encontrará caracteres especiais. Quando colar a taxonomia copiada no campo, é preciso corrigi-la. 
  • Não colocar o número das taxonomias que ficam no começo da linha. Essas são as únicas alterações que você pode fazer na taxonomia, se fizer qualquer outra pode acabar gerando algum erro então fique atento.
  • As taxonomias devem ser feitas em todas as categorias e subcategorias a serem anunciadas.
     

Adicionar os Identificadores de produtos do Google nos produtos

Os Identificadores são códigos exclusivos dos produtos, ou seja, são códigos que facilitam a busca do seu produto pelo Google. Para que o feed do Google Shopping seja gerado corretamente, estas informações devem ser preenchidas no formulário de cadastro de produtos. Nem todas elas são obrigatórias, mas recomendamos que o preenchimento seja completo. Assim será possível exibir seus produtos nas categorias corretas, evitando cliques errados e perda do seu investimento. 

  • Marca: é marca do seu produto. Se for um produto que você fabrica, você pode colocar o nome de sua empresa, por exemplo.
  • Código de barras (GTIN, EAN, ISBN, etc.): é código do produto que o fabricante fornece. Por exemplo, um livro tem o ISBN com seu GTIN.
  • MPN (Cód. Exclusivo, Modelo Fabricante): é a identificação do produto de uma forma mais geral, como, por exemplo, um código interno que você usa em sua loja - o mesmo que o SKU.

Os anúncios não usam palavras-chave, e sim estas informações, junto com a descrição e nome do seu produto. Então, coloque todas essas informações ou seus produtos não serão mostrados.

1. No painel de administração de sua loja, siga pelo caminho Produtos > Meus Produtos.

2. Escolha o produto á ser publicado no Google Shopping e clique em "Editar". 

Em seguida, na seção Gestão, preencha as informações correspondentes ao Código de barras.

Na seção Opções do Google Shopping, preencha as informações correspondentes ao MPN.

Já na seção Opções avançadas > Mais opções, clique em "Editar opções" e preencha o campo Marca.

🌟 Importante: se o seu produto tiver variações, você deve clicar em "Mais opções" para preencher individualmente os campos Código de barras e MPN.

📌 Observação: é obrigatório preencher Código de barras, MPN e Marca. A Faixa etária e Sexo, preencher apenas se sua loja for vender roupas e calçados.

Pronto, as configurações dos produtos estão completas! Para prosseguir com o processo, você precisará configurar sua conta do Google Merchant Center e o Feed de Dados (XML). No tutorial 👉 Como configurar minha conta do Google Merchant Center para habilitar o Google Shopping? você terá os passos para concluir a integração.

Encontrou sua resposta?